Aérea começa a vender rota Curitiba-Assunção

 

Já estão à venda as passagens para o voo direto entre Curitiba e Assunção, capital do Paraguai, operado pela companhia paraguaia Amaszonas. As informações são da Gazeta do Povo.
A nova rota foi anunciada no início de setembro pela ministra do Paraguai, Marcela Bacigualupo, em reunião com a vice-governadora Cida Borghetti. O encontro no Palácio Iguaçu contou com a presença do cônsul-geral do Paraguai no Paraná, Salvador Meden.
Segundo Cida Borghetti a nova rota vai estimular negócios e o turismo entre as regiões. “O voo é uma grande oportunidade para estimular novos negócios e o turismo entre o Paraná e o Paraguai. Podemos aproveitar essa rota para promover e divulgar destinos paranaenses e paraguaios”.
O trajeto dura cerca de uma hora e meia. O avião usado na rota é um Bombardier CRJ200 — uma aeronave de porte médio, com capacidade para 50 pessoas e tripulação de dois pilotos e um comissário de bordo.
Os voos de ida  acontecem aos domingos, segundas, quartas e sextas, com saídas do Afonso Pena às 17h20 e chegada em Assunção às 17h50 (horário paraguaio). O voo de volta sai do Paraguai às 14h20.
O voo entre Curitiba e Assunção será o segundo voo direto internacional do Aeroporto Afonso Pena, que atualmente conta apenas com um voo da Aerolíneas Argentinas para Buenos Aires.
A Amaszonas é uma companhia boliviana, com subsidiárias no Uruguai e no Paraguai. Com oito aeronaves, a empresa planeja aumentar a frota para 20 aeronaves até o ano que vem. A companhia aérea faz voos de Montevidéu para alguns destinos domésticos na Bolívia, além de cidades como Buenos Aires, Cidade del Este e Assunção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *