Caputo Neto lança mutirão de cirurgias em Ponta Grossa

Nesta terça-feira, 24, em Ponta Grossa, o secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto, lançou mais uma etapa do Mutirão Paranaense de Cirurgias Eletivas e adiantou que o objetivo é zerar a demanda por cirurgias de catarata atendendo pacientes de 12 cidades dos Campos Gerais. As cirurgias serão realizados no hospital universitário regional entre os dias 2 e 5 de novembro.


Caputo Neto também iniciou o mutirão de fornecimento de órteses, próteses locomotoras e auditivas promovido com recursos próprios do Estado. “Com certeza um dia muito especial para a população dos Campos Gerais. Hoje demos início a uma série de ações que vão impactar diretamente na qualidade de vida de milhares de pessoas. Mais uma mostra do nosso compromisso com a saúde do povo do Paraná, em especial desta importante região do Estado”, disse.


O Estado vai destinar cerca de R$ 600 mil para a realização de 400 cirurgias de catarata e a expectativa é que sejam realizados em torno de 100 procedimentos por dia. Desde o início do mutirão foram feitos 3,2 mil procedimentos deste tipo na região 


Mutirões – O mutirão de órteses e próteses atenderá aproximadamente 1,2 mil pessoas. Com R$ 1,1 milhão, o Estado vai fornecer 730 aparelhos auditivos, 298 cadeiras de rodas (8 motorizadas), 13 cadeiras de banho, 76 próteses de membros inferiores e 115 órteses. O público-alvo é formado por pacientes que já foram submetidos à triagem pelas prefeituras, em parceria com a 3ª Regional de Saúde.


“Com as cirurgias de catarata inúmeras pessoas voltarão a enxergar. Já este outro mutirão é específico para garantir melhores condições de vida àqueles que têm dificuldade de locomoção ou audição. Um trabalho que vem dando resultado em outras regiões e que agora chega aos Campos Gerais”, disse Caputo Neto.


Na região, Caputo Neto visitou ainda as obras de construção da nova sede da Farmácia do Paraná. O prédio de 614 metros quadrados deve ser entregue no final de 2018 e vai abrigar também a Central de Abastecimento Farmacêutico da 3ª Regional de Saúde. A obra conta com um investimento de R$ 1,5 milhão do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *