Guetter destaca participação da Copel no Mutirão da Cidadania

Parana Divulga Sem categoria

O presidente Antonio Guetter acompanhou no sábado, 30, o atendimento da Copel nos serviços prestados no Mutirão da Cidadania Cajuru. “É uma forma importante de levar os serviços para mais perto das pessoas. A Copel esteve presente com uma mini-agência e pode contribuir bastante para este atendimento”, disse Guetter.

O governador Beto Richa afirmou que iniciativas como os mutirões aproximam o Estado da população. “É fundamental simplificar e democratizar o acesso da comunidade aos serviços públicos, garantir atendimento em áreas essenciais, facilitar a solução de problemas que afetam a vida das pessoas, como a obtenção de documentos, orientação sobre programas de apoio às famílias, cadastro em programas sociais”, disse.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin visitou o mutirão e disse pretende levar o modelo ao estado paulistao. “O governo tem que estar onde o povo está, como acontece aqui. Essa aproximação é muito importante, pois melhora o bairro e toda a cidade”, relatou.

Exemplo – Alckmin comentou ainda que o Paraná é um exemplo para os outros estados do Brasil. “É uma das unidades da federação que mais investe, e isso se reflete na melhora da economia e na geração de empregos para a população”, afirmou. “O Estado também tem uma indústria diversificada e sistemas de cooperativismo e associativismo modelares”, completou.

No mutirão foram prestados mais de 200 tipos de serviços gratuitos nas áreas da saúde, educação, segurança e desenvolvimento social, além de atendimento da Copel e da Sanepar. “Colocamos todos os serviços no meio do bairro, que é onde o povo vive”, disse o prefeito Greca.

Durante os três dias, o mutirão atendeu 220 mil moradores dos bairros Cajuru, Guabirotuba, Capão da Imbuia, Jardim das Américas e Uberaba; Foram realizados cerca de 20 mil atendimentos, sendo 1500 pedidos de carteiras de identidade e 205 de carteiras de trabalho.

Este foi o segundo mutirão da cidadania do promovido pelo governo estadual e a prefeitura de Curitiba. No primeiro, realizado em agosto no Bairro Novo, foram encaminhadas 3,6 mil carteiras de identidade e 600 carteiras de trabalho. Até o fim do ano, todas as regionais receberão uma edição do evento. A próxima será na Cidade Industrial de Curitiba.