Mansur destaca protagonismo do Estado na construção do viaduto da Costa e Silva

Parana Divulga Sem categoria

O coordenador regional da Casa Civil no oeste do Paraná, Phelipe Mansur, destacou, em audiência pública na Câmara de Vereadores, o protagonismo técnico e econômico do Governo do Estado no processo para a construção do viaduto da BR 277 com a Avenida Costa e Silva, em Foz do Iguaçu. 

“Todos os esforços do Governo do Paraná têm sido feitos para que essa obra (de construção do viaduto) possa se tornar realidade”, disse

“A expectativa é que o governador Beto Richa anuncie a construção do viaduto nos próximos meses”, destacou Phelipe Mansur. 

Segundo Mansur, faltam apenas detalhes do projeto e a licença ambiental para que seja lançada a licitação do empreendimento. O valor estimado para a execução da obra chega a R$ 16 milhões. “A atitude do governo do Estado em assumir esta responsabilidade é, no mínimo, digna”, analisou.  

“É importante destacar esse protagonismo (do Governo do Estado), porque como o viaduto é uma obra dentro do perímetro da cidade, numa rodovia federal, e num trecho que possui concessão, haveria outras instâncias do poder público com maior responsabilidade nessa execução”, disse Mansur.

E completou: “Ou seja, tanto município, governo federal ou concessionária – todos os três também teriam maior obrigação de bancar esta obra, mas como isso não seria possível no curto prazo, o Governo do Estado assumiu também a responsabilidade para arcar a obra utilizando recursos próprios”, ressaltou. 


Phelipe Mansur disse ainda que, no momento, o DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná) desenvolve o projeto ambiental e busca a aprovação do licenciamento do IAP (Instituto Ambiental do Paraná). “Além disso, o DER também está fazendo o projeto de iluminação pública e montando um edital de licitação para ser lançado até o final do ano”, completou.