Paraguai pede ao Brasil ajuda no combate ao tráfico

O governo paraguaio vai pedir apoio ao Brasil para apertar o cerco contra grandes traficantes que atuam na região de fronteira. Já existe uma parceria, mas o trabalho requer mais ação de Inteligência, diante de crescente guerra entre quadrilhas. A última ação foi na quarta-feira 25. Gimenez Bernal e sua filha de cinco anos foram fuzilados na rua, após visita ao narcotraficante Jarvis Pavão, preso em Pedro Juan Caballero. O morto escapara meses antes de atentado, fugindo para o Brasil. À época seu carro levou 114 tiros. As informações de Ricardo Boechat na IstoÉ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *