Secretaria Extraordinária de Direitos Humanos em encontro com líderes de bairros

Parana Divulga Sem categoria

A Secretaria Extraordinária de Direitos Humanos e Relações com a Comunidade promoveu, na noite de ontem (8), um encontro com moradores e lideranças de bairros na sede da Associação de Moradores do Parque Presidente. A reunião atendeu a uma solicitação da UMAMFI (União Municipal de Associação de Moradores de Foz do Iguaçu) e segundo a secretária Rosa Maria Jerônymo Lima, serviu como uma prestação de contas.

“Fiquei muito feliz e surpresa com a quantidade de pessoas que foram até lá para nos ouvir e conversar. Toda a diretoria da UMAMFI esteve presente, além de vários presidentes de bairros e moradores”, comentou a secretária de Direitos Humanos.

Cerca de 140 pessoas participaram do encontro, além dos secretários de Obras Cesar Furlan; de Assistência Social Elias de Oliveira; de Esporte e Lazer Antonio Sapia; o diretor da Guarda Municipal Enir Nicolay (representando o secretário de segurança Reginaldo da Silva), as secretária de saúde Kátia Yumi Uchimura; de Meio Ambiente Angela Meira e o diretor superintendente do Foztrans Fernando Maraninchi.

A secretária de direitos humanos conduziu a reunião, apresentando as ações do governo nestes quase dois anos de gestão do prefeito Chico Brasileiro. Os secretários também apresentaram os projetos em andamento em cada área.

Na educação, três CMEIS já foram entregues pelo prefeito Chico Brasileiro e outros seis estão em construção, gerando ao todo 1.700 novas vagas.

Na saúde, mais de R$ 57 milhões foram destinados para construção, reformas e melhorias na saúde. O governo Chico Brasileiro inaugurou o CER 4 (Centro Especializado em Reabilitação), a primeira base descentralizada do SAMU no Porto Meira, ampliou o horário de atendimento da unidade de Saúde Padre Monti, contratou novos profissionais e reduziu as filas por especialidades. Além disso, o município está mantendo o Hospital Municipal desde dezembro do ano passado, a um custo de R$ 8 milhões por mês.

Também foram apresentadas as melhorias em habitação, com a construção de três novos conjuntos habitacionais; mobilidade urbana, com a renovação da frota do transporte coletivo e a aquisição de 15 ônibus com ar-condicionado; Meio ambiente, com o programa de coleta seletiva, entre outros investimentos nas áreas de segurança pública, esporte, cultura, lazer e obras. Na sequencia, a reunião foi aberta para questionamentos e sugestões dos moradores.

“Buscar essa aproximação com os moradores é papel da Secretaria de Direitos Humanos e Relações com a Comunidade. Através de encontros como esse, podemos levantar as demandas e pontuar as necessidades emergenciais de cada região”, disse Rosa.