Xangô e Justiça em Foz

No ano de Xangô, as investigações da PF acusam o vereador Dr. Brito, do Patriota, como líder e o principal beneficiário de esquema de criminoso de supostas fraudes em licitações na área da saúde. Segundo o procurador Alexandre Porciúncula, Dr. Brito é o líder e o principal beneficiário do esquema criminoso na Fundação Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu.

Multas para Bolsonaro e Lula voltam aos partidos

Mesmo que sejam condenados por campanha eleitoral antecipada, o ex-presidente Lula e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) pagariam, no máximo, R$ 25 mil de multa. O pior é que essas multas são cobradas e depois distribuídas aos próprios partidos políticos na proporção do Fundo Partidário. Este ano, por exemplo, o Tribunal Superior Eleitoral distribuiu mais de R$55,8 milhões de multas …