Investigações sobre políticos serão aceleradas, diz novo diretor da PF

O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, afirmou nesta terça-feira que vai aumentar o número de policiais responsáveis pelos inquéritos abertos no Supremo Tribunal Federal (STF) contra deputados, senadores e ministros para, a partir daí, acelerar as investigações sobre políticos, a maioria deles citados na Operação Lava-Jato. Segóvia disse, no entanto, que as investigações devem ser mantidas em sigilo até …