TRF4 suspende demarcação de 24.000 hectares de terra indígena no Paraná

Uma decisão do desembargador Cândido Alfredo Leal Junior, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), suspendeu o despacho da Fundação Nacional do Índio (Funai) que aprovava a identificação da terra indígena Tekohá Guasu Guavirá, no oeste do Paraná.

O magistrado atendeu a um pedido da Federação da Agricultura do Paraná (Faep) e suspendeu os procedimentos que beneficiariam indígenas da etnia Avá-Guarani, nos municípios de Altônia, Guaíra e Terra Roxa.

O despacho da Funai apresentava o resultado de um estudo coordenado pela antropóloga Marina Vanzolini Figueiredo, que identificou uma área de aproximadamente 24.000 hectares, dividida em duas glebas e áreas de ilhas, que poderiam abrigar uma população indígena estimada em 1.360 pessoas (os dados são de 2013).

Guilherme Voitch, Veja
link matéria
TRF4 suspende demarcação de 24.000 hectares de terra indígena no Paraná