Turistas vão movimentar R$ 130 milhões no comércio em Curitiba

Os turistas devem movimentar cerca de R$ 130 milhões durante as festividades de Natal no comércio em Curitiba, segundo estimativa do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba.

De acordo com o prefeito Rafael Greca, o movimento reflete as ações do município para posicionar a cidade como destino turístico e a ampla programação organizada de Natal.

“Estamos resgatando o protagonismo de Curitiba ao decorarmos esplendidamente a cidade e oferecermos uma programação recheada de atrações especiais, para estimular o espírito natalino e as festas de fim de ano na cidade”, disse Greca.

Image

Vendas motivadas - O presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Gláucio Geara, destacou o clima de Natal em Curitiba, que tem motivado comerciantes, lojistas e shoppings a decorarem os estabelecimentos. “A Prefeitura de Curitiba teve a sensibilidade de resgatar esta tradição de Natal”, avaliou Geara.

A pesquisa ACP/Datacenso sobre as perspectivas do comércio curitibano com relação às vendas motivadas pelo Natal de 2017 indicou crescimento nominal de 4%, em comparação com período igual de 2016. O crescimento real de vendas será de 1,5%, descontada a inflação de 2,53% acumulada nos últimos 12 meses.

Comércios locais - A programação natalina também se estende para além do centro da cidade o que, na opinião de Geara, foi uma decisão acertada. “Curitiba hoje não tem uma concentração de compras somente no centro, os novos eixos de comércio se deslocaram para diversos bairros populosos, fazendo com que os moradores façam suas compras nos comércios locais”, analisou.

A ACP já divulgou o horário especial de Natal, que começou no dia 1º de dezembro. Entre segunda e sexta-feira o horário comercial vai se estender até 22h, aos sábados até 21h e domingos, até 19h. No dia 24 de dezembro vai funcionar entre 12h e 18h.

Boas expectativas - No coração da cidade, a Rua XV de Novembro, os comerciantes comemoram a retomada da festa de Natal. A gerente da Casa das Canetas, Eliane Pereira da Luz, salientou que no mês de novembro o fluxo de pessoas já aumentou cerca de 50% em relação ao mesmo mês do ano anterior. “Acho que a decoração de Natal é um atrativo, algo diferente”, comentou.

Eliane trabalha há 23 anos no local e lembrou que a presença de turistas é muito comum na região nesta época do ano. “Estávamos ouvindo reclamações das pessoas nos últimos anos, dizendo que estavam decepcionados com a falta de uma decoração”, contou. Outro aspecto positivo é a atração de clientes no fim de semana.

Uma das lojas mais antigas da Rua XV, a Imperial Tecidos está lá desde 1932. O proprietário, Morvan Tacla, lembrou que muitas pessoas de fora da cidade visitam o Centro.

Tacla afirma que a decoração tem atraído curitibanos e turistas, que param para tirar fotos em frente a árvore de flores, a Árvore da Vida. “Está completamente diferente dos anos anteriores”, comentou sorridente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *