Agronegócio e a vocação do Paraná, diz Ratinho Jr

O deputado Ratinho Junior (PSD) voltou a defender o agronegócio como principal indutor da economia paranaense e do país. “A vocação do Brasil é produzir alimento para o mundo. Uma produção que respeita o meio ambiente e a agricultura sustentável, produzindo alimento para todo o planeta”, disse Ratinho Junior que destacou ainda a aprovação do novo código florestal em 2012.

“O código florestal colocou novas regras e deu a possibilidade para que o país possa crescer em cima do agronegócio, respeitando o meio-ambiente, fazendo a delimitação de áreas, dando oportunidade para que o agricultor tenha tranquilidade para trabalhar e produzir o alimento”, completou.

Segundo Ratinho Junior, os países que conseguiram dar um salto em qualidade, o fizeram quando acharam sua vocação econômica. ” É o caso da Alemanha que entendeu que sua vocação é a engenharia. É o caso da Coreia e do Japão que entenderam que a sua vocação econômica era a produção de tecnologia. Os EUA se profissionalizou em engenharia, produção bélica e também no agronegócio”, disse.

“Eu tive a oportunidade de estar na China por três vezes e em uma dessas oportunidades, conversei om uma equipe de comércio exterior da China e eles estão fazendo um estudo para que em 2050. Hoje a China já tem 240 milhões de idosos, a população do Brasil, e eles estão preocupados porque em 2050 terão meio bilhão de idosos, essas pessoas terão que ser alimentadas e não vão estar no mercado produtivo. Então o mundo precisa do Brasil e para isso nós precisamos estar organizados”, completou.

 
foto: Florêncio Torres
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *