Chineses querem investir em Foz