Em Foz, debate sobre previdência pode desestabilizar relações de poderes