Em Toledo, Caputo Neto entrega posto de saúde, heliponto e anuncia obra do novo hemonúcleo

Em Toledo neste sábado, 16, o secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto, inaugurou a ampliação da unidade de saúde Jardim Europa e a área de pouso para o helicóptero de resgate, e ainda anunciou a construção de um novo hemonúcleo. Caputo Neto entregou ainda mais um lote de equipamentos para a implantação do Hospital Regional de Toledo, em fase final de construção.

Ao todo, o Estado está investindo R$ 10 milhões para equipar e mobiliar a estrutura. Entre os aparelhos já adquiridos estão: tomógrafo computadorizado, raio-x, autoclave, arco cirúrgico, mesas e focos cirúrgicos e outros itens médico-hospitalares. “Estamos empenhados para colocar este hospital para funcionar o mais breve possível”, disse Caputo Neto.
 

Em reunião com prefeitos da região oeste, Caputo Neto informou ainda que o Estado se compromete a repassar outros R$ 2,6 milhões para complementar o parque de equipamentos do serviço. Conforme projeto, o hospital deve contar com 88 leitos – 10 de UTI, 8 de observação e 70 gerais. O hospital será referência regional para a Rede Paraná Urgência com inauguração no primeiro semestre do ano que vem. Após sua entrega, o hospital receberá R$ 910 mil por mês como apoio de custeio do Estado.

Investimentos – De acordo com Caputo Neto, o Estado tem dado atenção especial à cidade, que necessitava de investimentos robustos para reestruturar a retaguarda de saúde . “Estamos vivendo um novo tempo na saúde de Toledo. Desde 2011, já destinamos mais de R$ 241 milhões. Recursos que refletem diretamente no aumento da oferta de leitos gerais e de UTI, crescimento do número de consultas, exames, cirurgias e demais serviços especializados”, relatou.

foto: Venilton Küchler/Sesa

Caputo Neto informou que o Estado deve fazer novos investimentos na atenção básica de Toledo. “Atendendo a um pedido de lideranças comunitárias, vamos repassar R$ 750 mil para a prefeitura reformar outras cinco unidades de saúde”. São elas: Jardim Porto Alegre, Santa Clara 4, Vila Industrial, Jardim Coopagro e Panorama.

Com o apoio do Estado, Toledo implantou diversas unidades de atendimento consideradas modelo no Brasil. Elas seguem modelos inovadores, como o centro de especialidades e o Serviço Integrado de Saúde Mental – SIMPR, administrados pelo Consórcio Intermunicipal de Saúde da Costa Oeste do Paraná.

Para a instalação da nova sede do centro de especialidades, o Estado destinou R$ 1,5 milhão para a execução da obra e mais R$ 808 mil em equipamentos. Já para o SIMPR, o investimento inicial foi de R$ 150 mil. Ambos recebem ainda repasses de custeio mensal, possibilitando a oferta de atendimento para todos os municípios da regional de Toledo. O Hospital Bom Jesus foi outro que passou a receber recursos de custeio pela importância no atendimento regional. Nos últimos seis anos e meio, o incentivo pago pelo Estado já chega a R$ 11 milhões. 

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *