Maria Letícia quer levar campanha contra assédio moral para órgãos públicos

A vereadora Maria Letícia (PV), presidente da Comissão de Saúde, quer estender a campanha “Assédio moral não! Ambiente de trabalho precisa ser legal”, para todos os órgãos públicos em diferentes esferas (municipal, estadual ou federal). “A campanha, que é o enfrentamento, o combate ao assédio moral no trabalho, deve ser levada muito a sério. Não deveria ser apenas para a Câmara Municipal, mas estendida para todos os órgãos públicos da cidade de Curitiba. Acho que em Curitiba, a prefeitura também deveria abraçar essa campanha”, disse.
A campanha contra o assédio moral no trabalho foi lançada internamente esta semana pela Câmara de Vereadores para a conscientização de colaboradores efetivos e comissionados, chefes e subordinados, estagiários, terceirizados e vereadores. O objetivo, segundo Maria Letícia, é trabalhar de forma preventiva e orientar os colaboradores sobre o conceito a partir de casos relacionados ao assédio moral.
Sobre o tema, Maria Letícia disse ainda que a divulgação é fundamental para esclarecer a sociedade e as pessoas mediante o problema. “Essa campanha é muito necessária para alertar essas mulheres com relação aos seus direitos de lei. Porque o artigo 216 A, do Código Penal, trata exatamente isso – que pune os abusadores, om pena, com prisão”, destacou.  
Maria Letícia demonstrou ainda preocupação quanto à demanda efetiva de processos impostos contras este gênero de crime.  “Isso é sério, isso é preocupante porque só 5% das denúncias por assédio sexual viram processos no Paraná. E, segundo a Organização Internacional do Trabalho, 52% das mulheres economicamente ativas já sofreram assédio sexual no trabalho, mas vários fatores contribuem para a subnotificação.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *