Michele Caputo destaca importância da atenção primária no setor da saúde pública

Parana Divulga Sem categoria Leave a Comment

O secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto, em visita a ”mostra de vivências de Territórios”, realizada pela Escola de Saúde Pública (ESPP), destacou a atenção primária como contato inicial do cidadão com a saúde pública e onde mais de 90% das demandas das pessoas podem ser resolvidas. “Esse espaço de relato de experiências pode influenciar equipes locais a implantar soluções desenvolvidas em outras regiões, o que impacta diretamente na qualidade dos serviços”, ressaltou o secretário.

Realizada nestas terça e quarta-feira (12 e 13) a etapa Sul da ‘Mostra de Vivências nos Territórios’, evento que reúne as experiências compartilhadas na plataforma on-line ‘Saúde é o Meu Lugar’, uma parceria da Secretaria de Estado de Saúde com o Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz e Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública para compartilhar histórias dos profissionais que atuam na atenção primária.

O objetivo do evento é estimular o debate sobre os temas apresentados pelos profissionais na plataforma e compartilhar as experiências das equipes municipais. A diretora-geral da Escola, Ana Fonseca, salienta que estas histórias são verdadeiros exemplos de superação, que não necessariamente estão vinculados à necessidade de recursos financeiros. Segundo ela, muitas vezes o que impacta na saúde do paranaense é uma visão diferente de fazer e agir que os profissionais encontram.

Além de expor as histórias que estão na plataforma, o evento conta também oficinas sobre saúde pública, rodas de conversas e apresentações culturais.

Criado em 2014, o Saúde é o Meu Lugar é uma plataforma de compartilhamento de informação voltada para o profissional de saúde que atua na atenção básica. Nela, o usuário pode contar suas experiências, sejam bem ou mal sucedidas. Através de textos, vídeos, fotos ou áudios, é criado um banco de dados que pode ajudar agentes comunitários, técnicos de enfermagem, médicos e enfermeiros de todo o país.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *