Saúde Paraná

Profissionais da Saúde iniciam qualificação em serviços de diálise

Inspetores sanitários do Paraná participam até sexta-feira (10) do novo curso da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) para atendimento de pacientes...

06/12/2021 18h45
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Foto: SESA
Foto: SESA

Inspetores sanitários do Paraná participam até sexta-feira (10) do novo curso da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) para atendimento de pacientes renais crônicos. O objetivo desta capacitação é garantir mais segurança e qualidade às pessoas que fazem diálise. No Paraná, há cerca de 5 mil pacientes e 47 clínicas que realizam esse tipo de tratamento, e que poderão ser beneficiados com o curso.

Os processos de trabalho durante o tratamento, a importância de uma estrutura física adequada, além da atualização sobre as normas vigentes de uma nova resolução publicada em setembro deste ano, são alguns dos temas que os 180 servidores estaduais e municipais participantes vão discutir e rever.

“Todo o aprendizado é válido. Precisamos atualizar nossos profissionais conforme as demandas vão surgindo. No Paraná, são mais de 5 mil pessoas que precisam da nossa atenção e cuidados. Por isso, capacitar ainda mais os servidores pode fazer toda a diferença na vida das pessoas que precisam deste tipo de tratamento”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto

CURSO – O curso de atualização em Boas Práticas para o Controle Sanitário em Serviços de Diálise é multiprofissional e conta com palestrantes de diferentes áreas de formação como enfermeiros, médicos, arquitetos, engenheiros, farmacêuticos, entre outros. Ele começou nesta segunda (6) e segue até próxima sexta (10) no Salão de Atos do Parque Barigui, em Curitiba.

TRATAMENTO– A diálise é um processo de filtração do sangue utilizado para eliminar o excesso de líquidos e as substâncias tóxicas provenientes do metabolismo das células e da ingestão de alguns alimentos, acumuladas no organismo do paciente portador de insuficiência renal avançada, aguda ou crônica. É uma forma de terapia que substitui o funcionamento dos rins, utilizada em situações em que estes órgãos perderam a sua capacidade de filtração.

NOVA RESOLUÇÃO– Em razão das novas tecnologias para o tratamento dialítico da pessoa com Insuficiência Renal Crônica, em setembro deste ano foi publicada a nova Resolução Sesa nº 824/2021, cujo objetivo foi estabelecer os requisitos de Boas Práticas para realização de Terapia Renal Substitutiva à Beira Leito.

Participaram da elaboração deste documento a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba, Sociedade Paranaense de Nefrologia, Instituto do Rim do Paraná, e profissionais de saúde atuantes em alguns serviços de diálise.