Novo lote da vacina pentavalente chega às unidades básicas de saúde

As unidades de saúde do município começaram a receber nesta sexta-feira (24) as doses da vacina pentavalente, encaminhadas pela 9ª Regional de Saúde. As doses representam menos da metade do pedido feito pela Vigilância em Saúde de Foz do Iguaçu.   

“O pedido feito era de 5 mil doses e recebemos apenas 2 mil. Cada unidade deverá ficar com cerca de 68 doses”, comentou Roberto Doldan, coordenador da Vigilância Epidemiológica. As equipes realizam a entrega desde o período da manhã nas 29 unidades. Ainda não há previsão para chegada de um novo lote.

Falta

O atraso no repasse dos lotes da vacina, realizado pelo Ministério da Saúde, tem causado preocupação neste início de ano. De acordo com nota emitida pelo Ministério da Saúde a distribuição de 1,7 milhão de doses da vacina pentavalente iniciou no último dia 9 aos estados, para abastecer os municípios na sequência. 

De junho a dezembro do ano passado, a oferta foi irregular devido a problemas com os fornecedores.

O Brasil não produz a pentavalente. A aquisição é feita via Fundo Estratégico da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Em julho de 2019, lotes do laboratório pré-qualificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) foram reprovados no teste de qualidade do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde e em análise da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

A vacina garante proteção contra cinco doenças: difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e a bactéria Haemophilus influenza tipo B (responsável por infecções no nariz e na garganta).