Prefeitura inaugura a primeira Unidade de Terapia em Doenças Infecciosas de Foz do Iguaçu

Trabalhadores que coordenaram o processo técnico foram homenageados durante a cerimônia, transmitida pelas redes sociais. Nova ala foi construída em 25 dias A Prefeitura de Foz do Iguaçu inaugurou, na manhã desta segunda-feira (18), a Unidade de Terapia em Doenças Infecciosas (UTDI) no Hospital Municipal Padre Germano Lauck. O local, construído em apenas 25 dias, conta com 12 modernos leitos que poderão ser utilizados como Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com a Covid-19.  

Durante a cerimônia, transmitida pelo Facebook da Prefeitura, o prefeito Chico Brasileiro, o vice-prefeito e secretário de saúde, Nilton Bobato e o diretor do Hospital Municipal, Sérgio Fabriz homenagearam os trabalhadores envolvidos na construção desta unidade, finalizada em tempo recorde. “Essa obra é um ganho extraordinário. São poucos hospitais do Paraná que possuem essa estrutura, e isso é acima de tudo uma resposta da sociedade iguaçuense, de todos aqueles que nos ajudaram e ajudam a enfrentar essa pandemia com muito esforço e trabalho”, comentou Brasileiro, que agradeceu a todos os(as) colaboradores(as) pelo empenho e a dedicação nesta grande obra. “Vocês ajudaram a construir a história da saúde de Foz”.  

Nilton Bobato lembrou que todas as decisões são tomadas em conjunto, ouvindo equipes qualificadas, que se dedicam dia e noite no enfrentamento ao Coronavirus. “Em momentos de crise a gente descobre coisas fundamentais e quem realmente quer uma cidade funcionando. O município optou por tomar decisões importantes e cuidar da saúde da população. Decisões baseadas no principio de ouvir uma equipe técnica competente”, afirmou. Segundo o secretário de saúde, a busca por soluções permanentes foi uma das decisões mais acertadas. “Optamos por não apostar em hospitais de campanha, de custo alto, e que teriam que ser desmontados ao final da pandemia. Além da nova ala, com os 12 leitos, o Hospital coloca em funcionamento nesta segunda-feira um novo tomógrafo. São investimentos que ampliam os serviços do Hospital e permanecem incorporados ao patrimônio do município”, disse Bobato.  

Sergio Fabriz, diretor geral do Hospital Municipal também agradeceu a todos os colaboradores, universidades, ao Núcleo de Enfrentamento a Covid e demais parceiros. “Nós não fazemos nada sozinhos. Temos uma equipe altamente qualificada, temos o apoio das universidades, Unila e Unioeste, que cumprem brilhantemente seu papel neste momento tão importante, a Nona Regional de Saúde e todos os parceiros, o nosso muito obrigado. São inúmeras pessoas, mentes e corações que nos fizeram chegar ao dia de hoje”.  

A nova unidade conta com 12 leitos de UTI, todos com sistema de renovação de ar, ventiladores mecânicos, camas elétricas e banheiros. A unidade conta também com um posto de enfermagem, farmácia, copa e vestiário. O investimento é de mais de R$ 1 milhão com recursos do município e doações de instituições parceiras.  O Hospital Municipal já possui 20 leitos de UTI e 50 de enfermaria para pacientes com Covid-19.  

Presenças

Também participaram da cerimônia o diretor geral brasileiro de Itaipu, General Joaquim Silva e Luna; o Bispo Diocesano Dom Sérgio de Deus; a juíza da Vara de Execuções Penais, Juliana Arantes; o Procurador Alexandre Collares Barbosa,do Ministério Público Federal; a Chefe da Nona Regional de Saúde, Iélita Santos, além de vereadores e  representantes do Comus.