Suplente de Deputado Federal sofre tentativa de assalto

Parana Divulga Sem categoria Leave a Comment

Tiago Baccin, Suplente de Deputado Federal (PSC/PR) sofre tentativa de assalto em sua residência em Curitiba, ao menos essa é a hipótese que trabalha a Polícia Militar. Familiares de Baccin temem que o suposto assalto possa na verdade ser uma tentativa de intimidação, uma vez que o mesmo é autor de uma ação judicial que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) reivindicando uma vaga/cadeira na Câmara Federal.

A assessoria informou que por volta das 23h30m desta segunda-feira (05), quando Tiago Baccin recém tinha chegado em sua residência, em um condomínio no Bairro Ecovile em Curitiba, e percebeu movimentação estranha lado de fora de sua casa. Imediatamente, apanhou de sua arma, pistola PT 380, devidamente documentada e efetuando um disparo de alerta na direção do chão, do lado externo de sua casa. Após o disparo, um  homem estranho foi visto correndo.

A Polícia Militar (PM) esteve no local e fez averiguações mas sem lograr êxito na captura do suspeito. No momento em que a PM confeccionava o Boletim de Ocorrência, vizinhos de um prédio ao lado que estavam na sacada, confirmaram que após ouvirem um disparo de arma de fogo, visualizaram uma pessoa pulando o muro do referido condomínio e correndo em direção a um carro, que dava apoio na fuga.
Baccin pleiteia na justiça uma vaga na câmara, e tendo respaldo favorável, sua ação pode atingir diretamente um terço dos políticos da casa. A ação encontra-se em tramitação no STF e está nas mãos do Ministro Edson Fachin. Tiago e o PSC-Paraná entendem que tem direito a vaga na câmara, em razão da migração partidária de mandatários e também de outros suplentes do partido após o resultado das eleições de 2014.

Segundo o assessor, não é possível afirmar se de fato o incidente foi uma tentativa de assalto ou uma intimidação, já que se deferida a ação, pode abrir precedentes para outras ações semelhantes, mudando rumos da política nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *